OUTONO

CIA. AREAREA (ITÁLIA)

É outono, hora de transição, hora de olhar para dentro. O outono é uma passagem do visível para o invisível. A bem-aventurança do amor primaveril e a riqueza vital e frutífera do verão abrem caminho para uma hesitação introspectiva. Entre os seres vivos, há uma tendência a se apoiar em si mesmos: uma queda sombria na mãe terra. Um pequeno grupo de homens vacila,  atrasando o máximo possível todas as decisões, esperando que a separação entre os opostos tenha desaparecido. Constantemente oscilando, entre a perambulação melancólica e a vitalidade competitiva, eles se alegram em dançar sob a antiga árvore de rituais.

Essa criação faz parte do projeto que envolve mais de 15 bailarinos composto por quatro criações livremente inspiradas na obra “Quatro Estações” de Vivaldi

FICHA TÉCNICA:

Coreografia: Roberto Cocconi

Assistente de coreografia: Luca Zampar

Bailarinos: Andrea Rizzo, Daniele Palmeri, Luca Campanella, Roberto Cocconi.

Musica: Autumn, rewritten by Max Richter, Federico Albanese

Figurino: Cia Arearea , Marianna Fernetich

Duração: 30 MINUTOS

Fotos: Alerizze