EM SOLILÓQUIO

MARIA MOMMENSOHN (SÃO PAULO)

Um corpo e seus contornos na intimidade do pensamento/ sentimento. Falar de si, para si, em si, e o contato com o ar que se move no gesto. Uma forma de ser que não se forma e se reduz a um caminho sempre de volta ao seu contorno. A amorfa sensação de estar ainda assim presente.

FICHA TÉCNICA:

Concepção e Interpretação: Maria Mommensohn

Duração: 20 minutos

Fotos: Divulgação